Programa Soja Plus atende mais 10 produtores em Campo Florido

Por Redação 14/10/2020 - 00:00 hs

Programa Soja Plus atende mais 10 produtores em Campo Florido
Curso de NR 31 realizado com os participantes do Soja Plus

Depois do sucesso da edição piloto, o programa Soja Plus retorna a Campo Florido para atender mais dez produtores. As visitas técnicas serão em outubro. “Em 2019, fizemos com três, que adoraram o programa. Agora queremos fazer todos os anos para levar mais informações aos produtores rurais do nosso município”, afirmou o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Campo Florido, Carlos Márcio Guapo.

A primeira fase desta edição em Campo Florido ocorreu na última semana, com o curso da Norma Regulamentadora 31. “A participação nesse curso foi a porta de entrada para o Soja Plus. Repassamos importantes aspectos que envolvem a NR 31, como a construção rural, saúde e segurança no trabalho, entre outros”, explica o coordenador técnico do programa, Caio Coimbra.

Agora os participantes vão receber as visitas do consultor, quando será feito um relatório da propriedade. “Ele vai apontar o que precisa ser adequado e repassar as orientações. No segundo dia da visita, serão fornecidas as placas indicativas e de segurança para a sinalização do local. São ações que podem evitar multas para o produtor. O programa gera um impacto positivo na gestão da propriedade, em aspectos financeiros e de recursos humanos, com funcionários em um ambiente mais saudável e seguro”, comenta Coimbra.

O programa tem duração de dois anos. Depois desta primeira visita, o consultor retorna após um ano para conferir a evolução da propriedade. E, no fechamento, uma nova consultoria é feita após mais um ano.


O programa - Promovido por meio de parceria entre o Sistema FAEMG/SENAR/INAES, a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) e a Universidade Federal de Viçosa, o programa visa a adequar as propriedades de soja em relação às legislações ambiental e trabalhista. A iniciativa atende de pequenos a grandes produtores e oferece materiais de apoio gratuitamente, como kits de placas de sinalização, vídeos e manuais, com orientações sobre o uso e aplicação.

Neste ano, o Soja Plus também começou em Guarda-Mor, Morada Nova de Minas, Pompéu, Madre de Deus de Minas e Ibiá.

“O programa proporciona uma melhoria contínua na gestão destas propriedades rurais, resultando em uma maior eficiência na produção da soja. Muitos produtores já participaram do Soja Plus e conseguiram resultados satisfatórios. Para 2021, a intenção é ampliar para novos municípios”, comentou o gerente regional do Sistema FAEMG/SENAR/INAES em Uberaba, Caio Oliveira.