Homem morre esfaqueado no Gameleiras e suspeito é sequestrado

Por Juliano Carlos 22/05/2020 - 00:00 hs
Foto: Juliano Carlos
Homem morre esfaqueado no Gameleiras e suspeito é sequestrado
Marcelo foi morto dentro de caminhonete em via pública

Um homem que possui várias passagens nos meios policiais foi morto a facadas dentro de um veículo. O suspeito do crime foi sequestrado e "salvo" pela polícia antes de ser morto. 

O crime foi registrado na avenida Coronel Joaquim de Oliveira Prata no bairro Gameleiras, onde segundo informações da Polícia Militar as equipes receberam solicitações de vários moradores que informavam sobre um homem que estava ferido dentro de uma caminhonete Amarok de cor prata com placas de Uberaba. Os policiais foram ao local juntamente com ambulância Unidade de Suporte Avançado do Serviço (USA) do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a equipe médica constatou que a vítima Marcelo dos Santos de 34 anos tinha recebido facadas no peito e morreu. O local foi isolado pela Polícia Militar e o perito criminal Apollo Nobre Torres da perícia técnica da Polícia Civil fez os trabalhos técnicos. Posteriormente o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Uberaba.

Os policiais militares iniciaram levantamentos e descobriram que o Marcelo estava participando de uma festa no bairro Residencial 2000 fazendo uso de bebidas alcoólicas e determinado momento, ele apanhou a chave da caminhonete, falou para o proprietário que iria tirar o veículo da garagem, mas saiu na caminhonete e não retornou.

Ainda segundo apurado pela PM, ele foi até um disk- bebidas na avenida do Contorno e discutiu com proprietário por conta da venda de uma cerveja. Na sequência ele fugiu do local e bateu em alguns veículos que estavam estacionados.  Segundo consta no boletim de ocorrência, Marcelo foi até um posto de combustíveis, discutiu com outras pessoas e passou novamente em alta velocidade na porta do disk- bebidas. Um suspeito que estava em um carro branco passou no local e perguntou as testemunhas se Marcelo tinha passado por ali. Minutos após os moradores da avenida Coronel Joaquim de Oliveira Prata alegaram que escutaram uma discussão entre dois homens e um deles havia esfaqueado o outro dentro da caminhonete e fugiu no carro branco. 

O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) em Uberaba onde passou para necropsia e posteriormente liberado aos familiares para realizar velório e sepultamento. 


Sequestro - As equipes policiais continuaram levantamentos para identificar e prender o acusado de homicídio e juntamente com policiais civis receberam informações que um homem estava sendo feito refém dentro de uma residência após ser sequestrado. Os policiais foram na manhã de ontem até uma casa na rua Jonas Gomes de Sá, no bairro Olinda e depararam com o suspeito do homicídio que estava sendo mantido em cárcere privado por outros quatro integrantes de uma facção criminosa. 

Ainda de acordo com a PM no local iria ser feito um "tribunal do crime" para julgar o suspeito de ter matado Marcelo. O acusado de homicídio foi preso em flagrante e levado até a delegacia juntamente com os acusados de sequestro e cárcere privado. Todos foram apresentados à autoridade de Polícia Judiciária para esclarecimentos.