Tentativa de roubo de gado, no Rio do Peixe acaba frustrada

Por Marconi Lima 27/03/2020 - 00:00 hs

Tentativa de roubo de gado, no  Rio do Peixe acaba frustrada
Caminhão que transportava gado roubado ficou atolado na região do Rio do Peixe

Durante os trabalhos de policiamento preventivo no meio rural, guarnição da Polícia Militar (PM) recebeu ligação via telefone funcional, através da qual foi relatado um furto de 26 cabeças de gado anelorado, além de uma motossera Stihl 282, dois arreios completos e medicamentos para gado que havia acontecido em sua propriedade rural, situada na região conhecida como 07 de setembro na região de Veríssimo.

De acordo com o proprietário da fazenda, vizinhos seus haviam visto o condutor de um caminhão boiadeiro com a carroceria alaranjada carregado de gado bovino e o condutor de um veículo Parati de cor escura saírem de sua propriedade rural sentido o Rio do Peixe. 

Diante das informações, a equipe passou a diligenciar nas regiões do Rio do Peixe, município do Prata e Campo Florido, sendo que no decurso das buscas, houve uma denúncia anônima dando conta que o caminhão envolvido no furto teria atolado numa estrada do assentamento Aprazível e que o suspeito havia soltado os animais na estrada.

A guarnição assim sendo, comparecemos ao local citado na denuncia, onde realizamos uma operação conjunta com patrulha rural da cidade do Prata que já se encontrava no assentamento e durante os trabalhos por aquela região, chegaram a uma fazenda e depararam com o caminhão na estrada de acesso. 

O proprietário de um dos lotes, ao ser questionado do caminhão que se encontrava em sua propriedade informou que um conhecido, em companhia de outro indivíduo, haviam deixado o veículo no local e lhe pediram para guardar a chave de partida. Ele falou inclusive havia lhes emprestado um veículo Fiat Uno para que eles buscassem um mecânico.

Segundo ele os indivíduos haviam praticado o furto e queriam deixar o gado em sua propriedade, mas que ele não quis aceitar e não seria conivente com aquilo, e adiantou ainda que sua esposa havia feito a denuncia de que o veículo havia atolado naquela região. 

Dois mecânicos compareceram ao local nesta madrugada e não conseguiram retirar o veículo porque o motor de arranque estava estragado, retornaram e após a troca da peça avariada conseguiram retirara-lo do local e o conduziram ao pátio credenciado. 

A vítima recuperou 24 cabeças das 26 que foram furtadas uma vez que duas delas morreram durante o traslado.

Após consulta via sistema informatizado foi constatado que havia um mandado de prisão em aberto para um dos autores e que o outro tem diversas passagens pela polícia inclusive por furto de gado no Norte de Minas. (ML)